Beleza

Elimine sua gordura localizada com criolipólise

Adriana Naccarato
Escrito por Adriana Naccarato

criolipolise-550x173

 

A Crio Redux, novo tratamento da Ares Estética, chegou para revolucionar a vida das mulheres que querem eliminar a gordura localizada de vez. O tratamento não é invasivo e feito juntamente com uma boa alimentação e exercício físico o resultado é incrível.

Utilizando um método de resfriamento, que não danifica a pele, a célula de gordura é congelada, as células de gordura são “destruídas” em um período de trinta a noventa dias. A gordura quebrada tem uma parte metabolizada pelo fígado e a outra reaproveitada pelo organismo. Em uma única sessão, pode-se eliminar de 20 a 25% de gordura na região trabalhada. Incrível né!?

Cada sessão dura 60 minutos e a Crio Redux pode ser aplicada no abdômen, cintura, culote, flancos e parte interna da coxa.  A única contra indicação da Crio Redux é para pessoas que têm sobre peso, pois trata-se de uma terapia para gordura localizada, não sendo um tratamento de emagrecimento.


criolipolise-imagem

 

Captura de Tela 2015-06-22 às 17.38.53

Quando você for fazer a sua lembre-se de pedir:

 

1 – Peça ver as fotos do antes e depois de quem já fez! Você vai se encher de esperança… Rsrs! e peça para tirar uma sua ( para você acompanhar o resultado);

2- Todas que forem na Arés Estética e falar que viu a matéria no Fucei Achei ou na Dri Naccarato, ganha 30% de desconto e pode parcelar em até 10x sem juros;

3- Importante usar cinta modeladora pós procedimento por 20 dias;

 

 

Criolipolise-queima-de-gordura2

Agora é só agendar a sua Crio e já se preparar para o verão. Eu sempre achei que o inverno foi feito para isto… para ficarmos lindas no verão #ficadica

Ares Estética, fica na Vila Leopoldina – São Paulo – telefone: (11) 3641-9661 –www.aresestetica.com.br

Comments

comments

Sobre a autora

Adriana Naccarato

Adriana Naccarato

Jornalista por formação e Consultoria de Imagem, procuro levar informação de forma muito bem-humorada e sem medo de pagar mico

Deixe um comentário