DRI NA REAL News

Porque estamos tendo sonhos estranhos e tão vívidos nos últimos meses?

Adriana Naccarato
Escrito por Adriana Naccarato

Porque estamos tendo sonhos estranhos e tão vívidos nos últimos meses? Essa é uma pergunta que venho me fazendo constantemente. Com certeza você também já se pegou acordando assustada ou até confundindo sonho com realidade, se perguntando “isso realmente aconteceu ou eu sonhei?”.

E isso, vem acontecendo não só comigo. Conversando com algumas amigas elas tem a mesma sensação.

A verdade é que muito provavelmente seus hábitos mudaram durante a quarentena e isso afetou diretamente seus padrões de sono, muitas pessoas estão dormindo muito mais ou muito menos do que costumavam. Isso, combinado com o constante estresse e angústia que a maioria de nós está enfrentando nesse momento, resulta em novos cenários e experiências dentro de nossos sonhos (muitas vezes, cenários aterrorizantes). Quando recebemos uma grande quantidade de estímulos estressantes durante o dia, nosso cérebro tem dificuldade em processá-lo e isso acaba se mostrando em nosso subconsciente.

O estresse constante pode estar fazendo com que você tenha um sono instável, acordando diversas vezes durante a noite, dessa forma fica mais fácil recordar o que estava acontecendo em sua mente poucos instantes antes. Combinado com as novas preocupações financeiras, segurança e saúde, ou mesmo o estresse emocional causado por ficar preso em casa atinge diretamente a qualidade do seu sono.

Segundo estudos da King’s College do Reino Unido, provavelmente seus sonhos já eram extremamente vívidos e estranhos antes, mas você não se lembrava deles! Todas as noites nós temos diversos sonhos, mas não nos lembramos da maioria! Acordamos já atrasados pro trabalho, nos arrumamos e saímos correndo, deixando o que experimentamos enquanto dormíamos totalmente esquecido. Talvez, por estarmos com o ritmo mais desacelerado e mais reflexivos, estamos nos lembrando mais de nossos sonhos. 

Outra coisa que pode estar acontecendo é que temos menos estímulos e acontecimentos ocorrendo durante o dia. A maioria das pessoas está em casa vivendo exatamente a mesma rotina todos os dias, pelos últimos dois meses. Logo, estamos dando ao nosso cérebro muito menos conteúdo para trabalhar e “desenvolver nossos sonhos”. 

Algumas dicas práticas para evitar esse transtorno no sono:

 

Comments

comments

Sobre a autora

Adriana Naccarato

Adriana Naccarato

Jornalista por formação e Consultoria de Imagem, procuro levar informação de forma muito bem-humorada e sem medo de pagar mico

Deixe um comentário